Liderança Humana

Os 3 principais Superpoderes da Liderança Humana em tempos de Tecnologia.

Por Susana Azevedo

A liderança humana é algo natural desde o início da nossa existência e o ser humano é uma criatura social com a habilidade de influenciar e transformar a nós mesmos, as pessoas à nossa volta e a cultura na qual vivemos e trabalhamos.

Liderança é algo inerentemente humano, que vai buscar dentro de nós características e poderes não quantificáveis em um algoritmo ou planilhas de excel!

O que nos faz humanos é a compaixão, ética, criatividade, imaginação, intuição, valores, emoção, empatia, comunicação. O que é mais importante para nós na vida não pode ser expresso em 0‘s e 1’s! Sim, vai haver um momento em que a tecnologia e as máquinas, criadas por nós, vão equalizar ou mesmo ultrapassar os humanos em poder de cérebro, e tudo bem, mas igualmente por isso necessitamos avançar no nosso potencial, na nossa liderança humana!

“O futuro já chegou, vamos abraçar a tecnologia, mas não nos tornar a tecnologia. O futuro é importante demais para ser deixado completamente a algoritmos e máquinas inteligentes. Tudo o que não pode ser digitalizado, automatizado ou feito por robôs terá extremo valor. Trabalho Só-Humano é o nosso Futuro. Devemos ir além da tecnologia para definir os reais Valores Humanos e Éticos neste contexto digital.” - Gerd Leonard

Neste ambiente incerto de grande transformação tecnológica, acelerado pela Covid-19, com crise atrás de crise, a um ritmo cada vez maior, a liderança necessita entender os temas e elementos da crise e quais são os traços humanos para liderar efetivamente.

Como humanos, todos nós respondemos diferentemente às crises e é importante que líderes sejam mais eficazes durante esses momentos, para transmitir mensagens autênticas e construir ou reconstruir confiança e conexão.

Os 3 principais Superpoderes da Liderança Humana em tempos de complexidade e incerteza são Clareza de Visão e de Valores, Comunicação e Relacionamentos Interpessoais.

1.

Clareza de Visão e de Valores

Observar o contexto e tendências, as pessoas à nossa volta e a nós mesmos, de forma curiosa e aberta permite entender o momento que vivemos hoje.

Isso não é suficiente! Necessitamos de ir mais longe!

Imaginação não é apenas habilidade de criança!

O ser Humano tem a capacidade de imaginar para depois transformar em realidade!

Para isso o líder necessita abrir conscientemente o espaço de pensar e visualizar vários futuros possíveis e co-criar com os outros uma visão comum inspiradora, associada a um conjunto de valores e ética de atuação. Quando a liderança cria esse espaço, as pessoas trazem o seu melhor para contribuir para o todo, mesmo em momentos de complexidade e crise, por entenderem o que é esperado e, principalmente, por se sentirem parte da solução.

A própria tecnologia não deve ser deixada de fora desse processo de visualização, pois pode, como uma alavanca, expandir essa mesma capacidade de imaginar e realizar, impulsionando o nosso impacto no mundo.

A questão não é “o que o futuro nos vai trazer”, mas “que futuro nós queremos”?

 

2.

Comunicação

Fora a alimentação e oxigênio, a Comunicação é talvez a segunda ou terceira necessidade do ser humano, desde que nasce! Comunicação é fazer-se entender e entender os outros e a base para a criar uma conexão emocional saudável entre as pessoas!

Comunicação é mais do que ser claro nas nossas palavras. É saber falar e se exprimir, mas também saber escutar. Escutar para entender, escutar para conhecer para além das palavras. É ouvir com os ouvidos e através da observação e é também fazer perguntas, que liberem contexto, compromisso e criatividade.

Comunicação eficaz é também ser capaz de discutir sobre temas difíceis, que se não forem abordados ficam bloqueando a evolução e promovendo a desconfiança entre as pessoas!

A empatia e a vontade genuína de conexão, a comunicação direta, transparente e respeitosa são base para conectar as pessoas com a visão, nomeadamente em momentos de crise, quando todos os nossos recursos internos deveriam estar disponíveis para trabalhar para um futuro mais próspero.

3.

Relacionamentos Interpessoais

O ser humano é um bicho “social”. A conexão com outros seres humanos e o sentimento de fazer parte de um grupo são indispensáveis tanto para uma boa saúde mental individual, assim como para o sucesso das organizações.

A capacidade de criar relacionamentos interpessoais saudáveis e mutuamente enriquecedores permite alinhar o individuo ao coletivo. Relacionamentos interpessoais de qualidade permitem realmente fazer transformações, pois são o combustível que alimenta a parceria e confiança entre membros de um grupo ou equipe ou, em sentido mais abrangente, numa organização para seus membros criarem juntos mais valor do que a soma das suas contribuições individuais!

A inteligência emocional e a habilidade de lidar com conflitos são fatores chave para a construção de relações interpessoais eficazes.

Liderança tem tudo a ver com o outro, mas para ser eficaz nos relacionamentos exige primeiramente uma boa dose de autoconhecimento e auto-consciência.

Convido e provoco você a usar a sua intuição, a sua observação e conhecimento para pensar em formas de desenvolver, reforçar e fortalecer estes superpoderes em você e nas pessoas que rodeiam você e co-criar um futuro mais atraente! 

Este é o papel da Líderança Humana!

Conheça nossos Autores

.
Susana Azevedo
É sócia-proprietária da ns2a, baseada em São Paulo, Brasil, Susana oferece coaching executivo e programas de desenvolvimento de liderança e gestão para executivos, times e grupos na América Latina, América do Norte e Europa.
Susana AzevedoCoach Executiva, Facilitadora International e CEO da NS2A

Imprimir