Se a sua carreira não decola, talvez você esteja cometendo estes erros.

Por Lorena Lacerda

Após mais de 25 anos trabalhando como headhunter, selecionando profissionais para empresas, atuando como coach, mentora, consultora e empresária, posso lhe garantir que há sim, segredos para que uma carreira profissional seja bem-sucedida.

Muitos profissionais reclamam que nunca tiveram as oportunidades que tanto merecem, que as empresas para as quais trabalharam nunca reconheceram seus talentos.
Muitos, também, amargam anos sem conseguir uma colocação profissional, mesmo enviando currículo para tudo quanto é lugar, pedindo ajuda de amigos e familiares, entrando em contato com consultorias de recrutamento e seleção, usando as mídias sociais para divulgarem sua necessidade de se recolocar.
Engraçado que, ao mesmo tempo, empresas abrem vagas e não conseguem contratar os profissionais que precisam para preenchê-las...
E, também, empresas demitem profissionais que não conseguiram apresentar os resultados que esperavam, mesmo após terem ficado um tempo significativo no cargo (na cultura brasileira sabemos que damos mais tempo para que alguém melhore sua performance, antes de demiti-lo, do que em países desenvolvidos).

Então, o que está acontecendo? Por que esta “conta não fecha”?

Bem, quero aqui te dizer o que eu acredito serem erros fundamentais que muitos, mas muitos profissionais cometem, que colocam totalmente em risco o sonho de verem suas carreiras profissionais decolarem.

1

O primeiro erro:

Não ter humildade para reconhecer os pontos que precisam melhorar. Sim, muitos profissionais fogem de um feedback igual diabo da cruz! Quando recebem uma “chamada de atenção” se vitimizam, criticam o líder e a empresa, alimentam pensamentos do tipo “ninguém me reconhece mesmo”. Não estou, de maneira alguma, tirando a parcela de responsabilidade do líder em dar um feedback efetivo, de forma construtiva e útil para quem recebe. Porém o profissional não pode depender disso para ser cada vez melhor! Porque se você pensa em só se desenvolver e crescer profissionalmente SE tiver um excelente Líder, tenho uma má notícia para te dar: espere sentado. A minoria dos Líderes sabe dar feedback de forma efetiva e mesmo os que sabem, muitas vezes não priorizam esta importante responsabilidade da liderança.

Meu conselho: corra atrás do seu desenvolvimento, em qualquer contexto, em qualquer empresa, com qualquer líder. Peça feedback, avalie como você se saiu em suas metas e também em suas atitudes. Busque ajuda, demonstre sede por ser alguém cada vez melhor, sempre. Se você agir desta forma e mesmo assim a empresa em que você está não te reconhecer, pode ter a certeza de que você estará muito mais preparado para a próxima oportunidade profissional.

2

Segundo erro básico:

Parar de estudar e aprender. Confesso que ainda me deixa perplexa ouvir um profissional dizendo que “está esperando a empresa fazer os investimentos no treinamento/formação dele”. Claro que as empresas devem fazer a sua parte, incentivando e, muitas vezes, financiando o desenvolvimento da equipe. Mas isso nem sempre acontecerá! E aí, o que você fará com este contexto? Ficará esperando até quando? Quanto de sua performance ficará comprometida porque você não foi melhorar seu nível de Excel? Quantas oportunidades serão perdidas porque você não fala inglês? Lembre sempre que a responsabilidade por sua carreira é sua! Cuide dela, como cuida de um filho.

3

Terceiro erro básico:

Achar que já fez o bastante para a empresa e relaxar a guarda. Já vi muitos empresários e altos gestores se referirem a alguns de seus liderados como “o fulano já foi um excelente profissional, mas ele perdeu o brilho nos olhos”. O que me parece, então, é que muitos acreditam que existe um “prazo de validade” do profissional na empresa. Eu não acredito nisso! Tenho exemplos reais, em minha própria equipe, de pessoas que estão há anos em minha empresa e são mais entusiasmadas pelo negócio do que eu própria muitas vezes! Sim, pessoas que me levantam quando eu estou começando a desanimar, pessoas que me dizem “Lorena, não desanima, estamos aqui contigo, vamos juntos superar mais este momento difícil”. Essas pessoas me emocionam! E, sem dúvidas, têm minha mais profunda admiração.

4

Quarto erro básico:

Restringir sua atuação à descrição do cargo. Frases do tipo “isso não é minha responsabilidade” já não pode fazer parte do vocabulário de um profissional que queira realmente crescer. Por trás de um pedido assim de seu líder, pode haver uma oportunidade sem igual de você aprender algo novo e demonstrar seu potencial! Não estou aqui fazendo apologia à exploração, mas à flexibilidade. As empresas passam por momentos em que elas precisam reduzir suas equipes, mesmo que temporariamente. Diante dos desafios então, nem se fala. Demonstre que você está totalmente aberto para apoiar no que for preciso. Que quer aprender, que quer contribuir. Isso fará toda a diferença.

5

Quinto erro básico:

Não cuidar dos relacionamentos profissionais. Tem gente que entra muda e sai calada da empresa, que não cultiva os relacionamentos com pares, com líderes, com equipe. Estas pessoas vivem num mundo paralelo, das tarefas e atividades. Não é o mundo onde as carreiras decolam... Para decolar sua carreira você vai precisar de ajuda. De quem gosta de estar contigo, que confia em você e quer te ajudar. Veja que usei a palavra confiar! Sim, porque ética e integridade são premissas tão básicas que acho que nem preciso citar por aqui... Enfim, de diversas formas, seja te oferecendo uma orientação, seja te indicando para algum outro amigo te contratar, sua rede de relacionamentos irá te ajudar, nos momentos bons e nos momentos difíceis.

Faça uma experiência. Coloque atenção para que estes 5 erros não sejam marca de sua carreira. Pode ter a certeza de que não faltarão oportunidades para você decolar. E eu estarei torcendo por você. Afinal, é de gente assim que este mundo precisa.

Conheça nossos Autores

.
Lorena Lacerda
Master Coach de Executivos, de Times e Mentora de Gestão há mais de 22 anos, com mais de 2.600 horas de atendimento, Coach adjunta do CCL (EUA). PCC - Professional Coach Certified pela ICF – Federação Internacional de Coaches, desde 2009. Já atuou como Instrutora da Formação Internacional de Coaching do ICI - Integrated Coaching Institute®️. Foi membro da Diretoria da ICF Brasil por 6 anos e como Vice-Presidente por 3 anos.
Lorena LacerdaMaster Coach de Executivos, Mentora de Gestão e CEO do Grupo Valure

Imprimir